Debate para o novo Aeroporto Internacional 20 de Setembro, no Rio Grande do Sul

Reunião promove debate sobre o projeto do aeroporto 20 de setembro

   Na sala padre Nedel na Unisinos, mais uma reunião do comitê pró-aeroporto 20 de setembro. A acolhida dos presentes ficou por conta do reitor da universidade e presidente do comitê, padre Marcelo Fernandes de Aquino. Em seguida, foi feito um breve relato dos movimentos recentes para buscar avanços no projeto do novo aeroporto.

   Na ocasião, estiveram presentes os prefeitos das cidades de Portão, Nova Santa Rita e Capela de Santana, que falaram sobre a importância do 20 de setembro para região e do esforço conjunto das três cidades. A reunião contou com a presença da diretora de Assuntos Aeroportuários do Rio Grande do Sul, Lígia Barreto. Ao final do encontro o comitê deliberou vários encaminhamentos, que envolvem o protagonismo dos três municípios e a parceira da DAP.

Nota do Comitê Pró-Aeroporto Internacional 20 de Setembro

   O Governo Federal anunciou no dia de hoje um conjunto de decisões voltadas à implementação de obras de infraestrutura para o País, que integram o Programa de Investimentos em Logística. Dentre estas, destacam-se as medidas relacionadas a aeroportos.

   O anúncio inclui as obras necessárias para a revitalização do aeroporto Salgado Filho, não incluindo, ao contrário do que vinha sendo cogitado, o futuro aeroporto internacional 20 de Setembro, a se localizar no município de Portão, no regime de concessão casada ao Salgado Filho.

   As obras de melhoria do Salgado Filho são realmente necessárias. Por isso, saudamos esta decisão. Lembramos que entre o atual e o futuro aeroporto há uma sadia complementaridade de operações. Em vinte anos, o Rio Grande do Sul terá se transformado em polo de economia de alta tecnologia, com forte valor agregado.

   O fluxo de trânsito de pessoas e o volume da produção econômica de base tecnológica já estão urgindo estudos de viabilidade econômica e ambiental do aeroporto internacional a se localizar em Portão, por parte dos Governos Federal e Estadual. É preciso continuar buscando soluções que deem viabilidade estratégica para o Brasil e o Rio Grande do Sul.

   Nesse sentido, as comunidades dos municípios de Portão, Nova Santa Rita e Capela de Santana dão um belo exemplo de trabalho sinérgico para viabilizar o projeto estratégico do Aeroporto 20 de Setembro.

   Este é um tempo de o Rio Grande do Sul construir sua vontade política de voltar a ser protagonista no pacto federativo que nos constitui como República.











FAB monta estrutura especial de controle para festival em Parintins (AM)

A expectativa é que haja um aumento de 2000% de movimentos no período do evento


   A Força Aérea Brasileira  (FAB) vai adotar um esquema especial de Controle de Tráfego Aéreo durante o 50º Festival Folclórico de Parintins, evento tradicional do interior do Amazonas a ser realizado entre os dias 26 e 28 de junho. A previsão é de que durante esse período haja um aumento da ordem de 2000% de movimentos aéreos no município.

   De olho nessa elevação, o Quarto Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA IV) ativou uma estrutura composta pelo Controle de Área de Terminal e Torre de Controle (APP/TWR). A operação envolve 31 militares, em um grupo composto por técnicos, controladores, meteorologistas e especialistas em informações aeronáuticas.

   “Parintins tem uma média de 200 movimentos aéreos mensais, sendo 50 semanais. No festival são esperados de 800 a 1000 movimentos aéreos no período que envolve três dias antes do evento e até dois dias depois, o que representa um envolvimento de cerca de uma semana. Dessa forma, se compararmos os 50 movimentos aéreos semanais que ocorrem normalmente com os prováveis 1000 do festival, temos 2000% por cento de aumento”, explica o coordenador da operação de Parintins, Major Aviador Sandro Benedet.

   O Festival de Parintins está entre os cinco maiores eventos festivos nacionais e tem repercussão internacional. Este ano, a cidade espera atrair mais de 60.000 turistas e centenas de voos extras foram oferecidos para comportar essa demanda.

   As atividades do CINDACTA IV foram precedidas pelo suporte técnico e operacional de diferentes organizações da Força Aérea, como o Primeiro Grupo de Comunicações e Controle (1ºGCC), Parque de Material de Eletrônica da Aeronáutica (PAME), Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV) e Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA).








Azul recebe A330-200 com pintura especial

Azul recebe A330-200 com pintura especial




   Chegou ao Brasil o mais novo A330-200 da Azul. A aeronave recebeu a matrícula PR-AIT e tem pintura especial do Tudo Azul, programa de vantagens da companhia. O equipamento pousou nesta quarta-feira, dia 24/06 em Confins (MG), depois de partir de Lake Charles, nos Estados Unidos. Assim como os demais A330 da aérea, este também tem capacidade para 272 passageiros em duas classes de serviço. 

   O PR-AIT é o último A330 da empresa da série de sete anunciados no ano passado. Em breve, o avião estará em operação regular entre Brasil e Estados Unidos.



Um Boeing 737 pega fogo no aeroporto Aktau

Aeronave B737 pega fogo no gate

   Depois de voar a partir de Astana para o Aeroporto de Aktau, no Cazaquistão, um SCAT Airlines Boeing 737 (LY-FLB) pegou fogo. Veja o vídeo das equipes trabalhando para apagar o fogo.




   De acordo com funcionários do aeroporto de Aktau, o avião explodiu tanque de oxigênio, mas representantes da companhia aérea até agora absteve-se de avaliar as causas do acidente.